Este site utiliza cookies para permitir a mudança de língua e o armazenamento dos seus imóveis favoritos. Ao utilizar este site, concorda que o mesmo utilize cookies.

Moradia T3 Isolada na Charneca da Caparica

285.000€



Referência

AL-JC-0053

Natureza

Venda

Tipo de Imóvel

Moradia

Tipologia

T3

Estado

Usado

Certificado energético

D

Ano

2003


Distrito

Setúbal

Concelho

Almada

Freguesia

Charneca de Caparica e Sobreda

Código Postal

2820


Área Útil

334 m2

Área Bruta

334 m2

Área de Terreno

0 m2

Partilhar



Contactar Imobiliária

*preenchimento obrigatório
Ao clicar em 'Enviar', declara que aceita a nossa Política de Privacidade.
Moradia isolada de gaveto.  Com excelentes áreas interiores e exteriores.
Dois pisos e aproveitamento de sótão (40 ????????), e amplo espaço de jardim.

 Piso Inferior: Hall com roupeiro; Sala (35 ????????); Cozinha com acesso a terraço com churrasqueira.
Equipada com placa, forno, exaustor e esquentador.

Uma suite (26 ????????) com roupeiro e a casa de banho social.

Primeiro piso:  duas suites  (23 e 25 ????????),  ambas com roupeiro e acesso ao terraço com (30 ????????). 
Caixilharia de alumínio de abrir com vidros duplos.

Porta blindada, portões automáticos e casas de banho completas com janela. 
A necessitar de alguns arranjos. Preço de venda para o estado actual podendo ser
 vendido totalmente remodelada.

Venha comprovar pessoalmente o potencial desta  grandiosa Casa.
Perto de Praias , A2 A33  acessos fáceis para Lisboa .

Não deixe de contactar o consultor 

José Carreiro
914489985
jose.carreiro@gsoberano.pt

Estou à sua espera.

Agora uma pequena Historia sobre a Freguesia da Charneca da Caparica 

I. Razão de Ordem Histórica

Existem variadas referências dispersas à ocupação humana em “terras de Charneca”, relacionadas a maioria das vezes com o pastoreio e caça grossa que se praticavam nos prados e nos matos que constituíam a principal cobertura vegetal do território.

Muitos autores consideram a forte probabilidade de terem sido feitas incursões nestes territórios a partir da foz do rio Tejo, por parte dos visigodos, romanos e árabes na procura do ouro que até ao reinado de D. João VI ainda era explorado em diversos filões com destaque para as minas da Adiça.

A referência documental mais segura diz respeito ao Convento de Nossa Senhora da Rosa que teve inicialmente a designação de Convento da Cela-Velha tendo sido fundado em 1410 por Mendo Gomes de Seabra em terrenos doados por D. João I para que nele fundasse um convento que albergaria eremitas religiosos de São Paulo.

O nome de Convento de Nossa Senhora da Rosa foi-lhe atribuído devido a uma imagem que terá chegado intacta às imediações do convento, vinda desde o mar pelo esteiro acima num dia de forte tempestade.

Não consta de documentação conhecida a data exata da fundação do Convento de Nossa Senhora da Rosa, mas sabe-se que em 1413 já era habitado por eremitas porque no referido ano foi feita uma doação aos eremitas de uma casa na Vila de Almada.

Em cerca de 1559 os padres da Companhia de Jesus do Colégio de Santo Antão, de Lisboa, adquirem a D. Margarida Landim de Maia, viúva de Pedro Barriga que fora guarda-mor da Casa da Moeda, terras de mato num local designado “Pico do Cardo”, no limite da freguesia de Caparica, terrenos que foram ampliados pela doação de Afonso Botelho. Aí constroem uma casa ampla que juntamente com alguns casebres já existentes vão utilizar como lugar de repouso e de convalescença para os padres professores do Colégio de Santo Antão.

A partir de finais de 1569, Fernão Mendes Pinto terá vindo passar longos períodos de tempo na Quinta de Vale de Rosal, na Charneca de Caparica, isolando-se das suas muitas atividades que desempenhava em Almada, onde escreve de memória a sua obra máxima “Peregrinação”.

No último quartel de século XVIII muitos nobres e senhores endinheirados deixam Lisboa devido às epidemias e pestes agravadas pelas consequências do Terramoto de 1755, procurando ares lavados e puros para construírem as suas quintas. Muitas dessas quintas são construídas em terras da Charneca. Quinta de Monserrate, Quinta da Regateira e Quinta de Cima entre outras.

II. Razão de Ordem Demográfica e Geográfica
Charneca de Caparica e seu Termo tem uma área de 2.526 hectares, correspondente a cerca de 35% da área do Concelho de Almada e tem como limites:
Geral
GeraisNº Casas de Banho:4
GeraisNº de Terraços:1
Exposição SolarNorte:Sim
CozinhaEsquentador:Sim
CozinhaMóveis madeira:Sim
VistasCampo:Sim
PavimentoSoalho:Sim
Edificio
GeraisNº de varandas:4
GeraisNº de frentes :4
GeraisNº de pisos:2
GaragemPortão automático:Sim
EquipamentoChurrasqueira:Sim
Tipo de EmpreendimentoHabitação:Sim
Zona
GeraisAuto-Estrada:Sim

Este imóvel não tem áreas definidas.

Imóveis
Semelhantes

Moradia
Venda

360.000€

Moradia T3 na Aroeira

360.000€

Setúbal / Almada / Charneca de Caparica e Sobreda


Ref: AL/FS/034

Ref: AL/FS/034

122 m2

3

3

Sim

Moradia
Venda

350.000€

Moradia T4 com Piscina

350.000€

Setúbal / Almada / Charneca de Caparica e Sobreda


Ref: AL/CS/020

Ref: AL/CS/020

190 m2

4

3

Sim